Top7ranking: 7 curiosidades e feitos da saga Harry Potter

7 curiosidades e feitos da saga Harry Potter



Todo pottermaníaco se empolga a simples menção do nome “Harry Potter”, o que é totalmente compreensível, afinal, numa saga tão extensa e igualmente rica, muitas coisas ficam nas entrelinhas.

O ponto final da saga do menino bruxo foi colocada a quase 3 anos (me refiro ao último filme que estreou em 15 de julho de 2011). Passado esse tempo, podemos fazer um balanço dessa história e ter uma ideia do poder de alcance desse mágico universo criado por J.K. Rowling.

Nesse Top 7, algumas curiosidades e feitos da saga serão respondidas, sejam dos livros ou filmes.

Veja 7 curiosidades e feitos da saga Harry Potter:

7° Onde Rowling escreveu “Harry Potter e a Pedra Filosofal”?



Entre a inspiração e o ponto final do primeiro livro da série foram cinco anos. A história começou em 1990, num trem de Manchester em direção à estação King’ Cross. Uma falha mecânica deixou Joanne quatro horas pressa no vagão. Sem saber de onde viera a ideia, Harry Potter apareceu ali, pronto para ser escrito. Ao chegar a Londres a autora já sabia a estrutura da história e que, no total, a série teria sete livros, um para cada ano do garoto em Hogwarts.

Mas dai até passar tudo para o papel foi outra história. Nesse meio tempo, Rowling se mudou para Portugal para dar aulas de inglês na cidade do Porto, apaixonou-se pelo jornalista Jorge Arantes e teve sua primeira filha, Jessica. Enquanto isso o menino bruxo ganhava vida em anotações. Quando o casamento desmoronou, em meados de 1993, Joanne se mudou para Edimburgo. Em 1994, alugou um apartamento pequeno e mal iluminado, onde não conseguia encontrar inspiração. Por isso saia para passear com sua filha, Jessica, pela cidade e quando a menina adormecia, parava para escrever numa mesa de algum café. Um de seus lugares preferidos era “The elephant house”, hoje, o local exibe uma placa, onde se lê: “Local de nascimento de Harry Potter” (clique na imagem para ampliá-la). Em um ano, o primeiro Harry Potter estava terminado.


6◦ Quanto tempo demorou até que o primeiro livro fosse aceito para a publicação?



Sabendo das (poucas) chances de um autor desconhecido conseguir ver seu trabalho publicado, Rowling decidiu procurar alguém experiente para apresentar seu primeiro trabalho às editoras. Ao final de 1995, Christopher Little havia aceitado a tarefa de representar “Harry Potter e a Pedra Filosofal”. Ela havia mandado os seus manuscritos apenas para ele e outro agente literário, nomes que pinçou de um catálogo telefônico.

Durante 1996, Little tentou vender o livro a grandes editoras britânicas, mas não foi bem-sucedido. As justificativas eram de que a autora era uma desconhecida que não valia o risco do investimento, além de que o texto de quase 90 mil palavras era longo demais para uma obra infantil. Após o sucesso da obra, Little e Rowling revelaram ter tentado 12 editoras, Rowling diz ter-se esquecido até, que a Bloomsbury aceitou o “risco” e comprou os direitos de publicação. Em junho de 1997, 18 meses após a primeira tentativa, vinham a público as aventuras do menino bruxo.


5° Quantos livros já foram vendidos até hoje?



No total, foram aproximadamente 450 milhões de exemplares vendidos em 200 países, traduzidos em 64 línguas diferentes. A Pedra Filosofal é o maior êxito da franquia de livros do menino bruxo, com aproximadamente 120 milhões de cópias vendidas, seguido pelo Enigma do Príncipe, com 65 milhões de exemplares, a Câmara Secreta aparece em terceiro, com 60 milhões de unidades, já os títulos do Prisioneiro de Azkaban, o Cálice de Fogo e a Ordem da Fênix venderam, cada um, 55 milhões de cópias, na lanterninha aparece as Relíquias da Morte, com 50 milhões de livros vendidos.

Não à toa, Rowling já teve sua fortuna estimada em US$ 1 bilhão. Em 2004, Harry Potter já lhe rendia um salário de 211 milhões de dólares e a fez mais rica que a rainha da Inglaterra, segundo a revista Time. Nada mal, hein!? Em pensar que Joanne recebeu da editora Bloomsbury, em 1997, um adiantamento de 2500 libras pelo primeiro livro de Harry Potter, o que nem de longe permitiria que ela largasse seu ganha-pão oficial, como professora de francês.


4° Existem parábolas cristãs em ‘Harry Potter e as Relíquias da Morte”?



Certos grupos religiosos, a maioria protestantes, fazem campanha contra Harry Potter, acusando a autora de promover bruxaria, feitiçaria e até o próprio Diabo.

No entanto, há quem defenda Harry Potter, alegando que as histórias criadas por Rowling estimulam o prazer da leitura entre os jovens e possuem valores cristãos, tais como: compaixão, lealdade, coragem, amizade, e até mesmo auto sacrifício. E os defensores da saga vão além, demonstrando que a história faz referências a parábolas cristãs. Lisa Miller, da “Newsweek”, comentou que Harry morre e depois volta à vida para salvar a humanidade, como Cristo. Ela aponta o título do capítulo em que isso ocorre - "King's Cross" - uma possível alusão à cruz de Cristo. Além disso, ela descreve a cena em que Harry está temporariamente morto, salientando que Harry vai para um cenário como um céu, com uma figura paterna. Segundo o site “The Leaky Cauldron”, as Relíquias são como paralelos da Santíssima Trindade; Harry aceita a morte como Jesus, os dois voltam da morte e derrotam o Diabo/ mal. Jeffrey Weiss adicionou, no “Dallas Morning News”, que a citação bíblica "E o último inimigo que deve ser derrotado é a morte", mostrada nas lápides dos pais de Harry, refere-se a vitória de Cristo sobre a morte no fim do mundo. A citação no túmulo da família Dumbledore, "Onde estiver seu tesouro, aí estará também o seu coração", é de Mateus 6:21, e refere-se a saber que as coisas na vida são de valor real.


3° Quantas crianças se inscreveram para interpretar Harry Potter? E Rony e Hermione, como acabaram sendo escolhidos?



A equipe de produção tentou 300 garotos, escolhidos entre 40 mil inscrições. Só após um ano á caça do ator perfeito, eles deram de cara com Daniel Radcliffe, com 11 anos na época. “No momento em que Daniel entrou na sala, sabíamos que havíamos encontrado Harry”, disse o diretor dos dois primeiros filmes, Chris Columbus. Decisão endossada pela autora após ver o teste de vídeo do pretendente.

Rupert Grint (Rony) ficou sabendo das inscrições e apesar de não ter experiência, mandou uma foto com uma ficha de inscrição. Depois preparou um vídeo, ele criou um rap dizendo por que deveria ser escolhido: tendo muitos irmãos e irmãs, sabia bem o que é usar roupa dos outros!

Emma Watson (Hermione) já havia participado de várias peças e espetáculos de canto e dança na escola e não viu problema em participar dos testes. “Um dia, chamaram a mim e ao Rupert no escritório de David Heyman e simplesmente nos disseram que tínhamos conseguido os papeis”, lembra Emma. O diretor Chris Columbus lembra: “Quando vimos Dan, Rupert e Emma juntos na tela, soubemos que havíamos encontrado o time perfeito”.


2° Quanto renderam as bilheterias dos oito filmes? Quantas vezes os filmes da franquia foram indicados ao Oscar?



Juntos, os oito filmes faturaram US$ 7,7 bilhões, essa fortuna cobriu facilmente os custos de produção dos oito filmes, que somados chegam a US$ 1,1 bilhão. Isso faz dos filmes de Harry Potter a série cinematográfica de maior bilheteria de todos os tempos. Todos os filmes se encontram na lista dos 50 filmes de maior bilheteria da história (em dólares e sem ajuste de inflação).

Entre os filmes da franquia, Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 foi o mais bem-sucedido nos cinemas, com um faturamento de US$ 1,3 bilhões, tornando-se a quarta maior bilheteria da história e a adaptação de um livro de maior bilheteria, além de ser o título da Warner Bros. de maior sucesso. Em segundo lugar vem a Pedra Filosofal, com US$ 974,7 milhões arrecadados, seguido por Relíquias da Morte – Parte 1, que faturou US$ 960,2 milhões, o quarto lugar pertence à Ordem da Fênix, com um faturamento de US$ 939,8 milhões, em quinto aparece o Enigma do Príncipe, com uma bilheteria de US$ 934,4 milhões, em sexto vem o Cálice de Fogo, com US$ 898,9 milhões, em sétimo aparece a Câmara Secreta, que faturou US$ 878,9 milhões, e na última posição figura o Prisioneiro de Azkaban, com US$ 796 milhões ganhos.

Vale lembrar, o maior custo de produção fica por conta de Harry Potter e o Enigma do Príncipe, que custou a bagatela de 269,6 milhões de dólares, o que o coloca na sexta posição entre os filmes mais caros da história do cinema, mas isso é assunto de outro post aqui no Top 7. Confira! Na outra ponta da lista, vem a Câmara Secreta, que custou 100 milhões de dólares, tornando-se assim, o mais “barato” da franquia.

Seis dos oito filmes da saga foram indicados ao Óscar (as exceções foram a Câmara Secreta e a Ordem da Fênix). Juntos, foram 12 indicações, em categorias, como: direção de arte, figurino, efeitos especiais, trilha sonora e maquiagem, no entanto, não levaram nenhuma estatueta.


1° Dumbledore é homossexual?



Sim, Rowling acabou com os rumores sobre a opção sexual de um de seus personagens: o mágico e diretor da escola Hogwarts, Alvo Dumbledore é gay.

Segundo a escritora, Dumbledore era apaixonado por seu adversário, Gellert Grindelwald, a quem tinha derrotado numa antiga batalha entre bruxos do bem e do mal.

"O amor pode nos cegar", acrescentou a escritora, segundo quem Dumbledore tinha sofrido uma "terrível decepção" e seu amor por Grindelwald tinha sido para ele uma "grande tragédia".


Fonte: Mundo Estranho/ Wikipédia/ G1
Fotos: Reprodução
Página anterior Próxima página