Top7ranking: 7 livros mais vendidos de todos os tempos

7 livros mais vendidos de todos os tempos



Não há um consenso sobre o número exato de muitos dos livros considerados os mais vendidos da história. Isso acontece, porque muitos países não tem um sistema de aferição eficaz, devido ao regime de consignação aplicados em muitos países.

Sendo assim, os números apresentados a seguir, são valores aproximados (~), uma estimativa, de quantas unidades cada título vendeu mundo afora.

No entanto, vale ressaltar, que os dois primeiros títulos dessa lista, parecem ser a unanimidade nas listas do gênero, mas as demais publicações também costumam figurar em certas listas, como mais vendidos do mundo.

Dito isso, vamos a lista dos 7 livros mais vendidos no mundo:

7° O Conde Monte Cristo



Vendagem: 200 a 250 milhões de cópias

Autor: Alexandre Dumas
País: França
Gênero: romance, aventura
Lançamento: 1844-184

O livro conta a história de um marinheiro que foi preso injustamente. Lá, conhece um clérigo de quem fica amigo. Quando o clérigo morre, ele escapa da prisão e toma posse de uma misteriosa fortuna. O marinheiro, agora em condições financeiras, pode vingar-se daqueles que o levaram à vida de prisioneiro.


6° Dicionário Xinhua Zidian



Vendagem: ~ 400 milhões de cópias

País: China
Lançamento: 1957

O Xinhua Zidian é o dicionário de chinês mais popular no mundo. Esse dicionário publicado pela Commercial Press, usa o chinês simplificado e o pinyin (拼音, pīnyīn), que é o sistema de romanização usado oficialmente na República Popular da China para transcrever, no alfabeto latino, o dialeto Mandarim padrão da língua chinesa. O pinyin é uma tradução menos literal ou “soletração de sons”, "foneticismo”.


5° Dom Quixote



Vendagem: ~ 500 milhões de cópias

Autor: Miguel de Cervantes y Saavedra
País: Espanha
Gênero: Sátira, Paródia, Novela picaresca, Farsa
Lançamento: 1605

O protagonista da obra é Dom Quixote, um pequeno fidalgo castelhano que perdeu a razão por muita leitura de romances de cavalaria e pretende imitar seus heróis preferidos. O romance narra as suas aventuras em companhia de Sancho Pança, seu fiel amigo e companheiro, que tem uma visão mais realista. A ação gira em torno das três incursões da dupla por terras de La Mancha, de Aragão e de Catalunha. Nessas incursões, ele se envolve em uma série de aventuras, mas suas fantasias são sempre desmentidas pela dura realidade.


4° Alcorão



Vendagem: ~ 600 a 800 milhões de cópias

Alcorão ou Corão é o livro sagrado do Islã. Os muçulmanos creem que o Alcorão é a palavra literal de Deus (Alá) revelada ao profeta Maomé (Muhammad) ao longo de um período de vinte e três anos. A palavra Alcorão deriva do verbo árabe que significa declamar ou recitar; Alcorão é portanto uma "recitação" ou algo que deve ser recitado.

3° O Livro Vermelho



Vendagem: ~ 900 milhões de cópias

Autor: Mao Tsé-Tung
País: China
Gênero: Filosofia política
Lançamento: 1964


O Livro Vermelho é uma coletânea de citações do presidente da República Popular da China Mao Tsé-Tung e uma forma de culto à sua personalidade. Foi organizado por Lin Piao, Ministro da Defesa de Mao.1 O livro possui 33 capítulos. Seus tópicos abordam a ideologia de Mao, conhecido no Ocidente como Maoísmo ou oficialmente como "Pensamento de Mao Tsé-Tung". Inicialmente publicado na China, teve distribuição internacional após abril de 1964.

2° O Peregrino



Vendagem: ~ 900 milhões de cópias

Autor: John Bunyan
País: Inglaterra
Gênero: Ficção especulativa
Lançamento 1678


O Peregrino - A Viagem do Cristão da Cidade da Destruição para a Jerusalém Celestial é um livro escrito pelo pastor batista John Bunyan e é uma alegoria da vida cristã. Bunyan relata, no prefácio e no posfácio, que escreveu O Peregrino como uma forma de alerta aos perigos e vicissitudes enfrentados na vida religiosa por aqueles que seguem os ensinamentos bíblicos e buscam um caminho de perfeição para alcançar a coroa da Vida Eterna, citada no livro do Apocalipse na Bíblia. O Peregrino tenciona levar o leitor a refletir sobre como deve ser vigilante na vida terrena, simbolizada pela jornada de Cristão.

1° Bíblia



Vendagem: ~ 6 bilhões de cópias

Autores: Segundo a teoria tradicional, são mais de 40 autores
Escrita entre 1445 e 450 a.C.


A Bíblia é o texto religioso de valor sagrado para o Cristianismo, em que a interpretação religiosa do motivo da existência do homem na Terra sob a perspectiva judaica é narrada por humanos. É considerada pela Igreja como divinamente inspirada, sendo que trata-se de um documento doutrinário originalmente compilado pela Igreja Católica para orientação de suas doutrinas.


Fonte: Wikipédia
Fotos: Reprodução
Página anterior Próxima página